Medicina Preventiva /

Notícias

Novembro azul alerta para câncer de próstata

16/11/2018

Estamos no mês de novembro e vivenciando a campanha Novembro Azul que tem por objetivo sensibilizar os homens sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer da próstata.

De acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer) são esperados mais de 68 mil novos casos de câncer de próstata em 2018.

Estima-se que quase 25% dos portadores de câncer de próstata ainda morrem devido à doença, isso se justifica pelo fato de, aproximadamente, 20% dos portadores da doença serem diagnosticados em estágios avançados, o que dificulta a cura.
A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia é que, homens a partir de 50 anos devem procurar um profissional especializado para avaliação individualizada.

Os de raça negra ou com parentes de primeiro grau que tiveram câncer de próstata devem iniciar os cuidados aos 45 anos.
           Não se deve esperar pelos sintomas, pois quando eles chegam, muitas vezes, o câncer de próstata já está em fase avançada. Entre os sintomas mais comuns estão:
- Urgência em urinar.;
- Fluxo urinário fraco ou interrompido;
- Vontade de urinar frequentemente à noite;
- Sangue na urina ou no líquido seminal;
- Insuficiência renal;
- Disfunção erétil;
- Dor no quadril, costas, coxas, ombros ou outros ossos se a doença se disseminou;
- Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés.

O câncer de próstata é considerado um câncer da terceira idade, isso porque cerca de três quartos dos casos ocorrem em maiores de 65 anos.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, estando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma.

Quando a combinação do exame clínico (toque retal) e o resultado do PSA sugerem a possibilidade de um câncer de próstata indica-se a ultrassonografia pélvica, que poderá apontar uma necessidade de biópsia prostática transretal.

Se o câncer de próstata é diagnosticado, o médico faz uma avaliação completa antes de definir o tratamento, que é individualizado e pode envolver cirurgia, radioterapia e quimioterapia.

Fontes: Inca (Instituto Nacional do Câncer); Sociedade Brasileira de Urologia; e Instituto Oncoguia




Escritório Central
(17) 3214-6499

Unidade XV de Novembro
Rua XV de Novembro, 4488 - Redentora
CEP 15015-110 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Redentora
Rua Redentora, 3140 - Redentora
CEP 15015-780 - São José do Rio Preto/SP
© Bensaúde - Todos os direitos reservados
desenvolvido por Diginova - Sites e Sistemas