Medicina Preventiva /

Notícias

Repelentes e outras Medidas de Prevenção da Zika, Dengue e Chikungunya: O Que Você Deve Saber?

08/01/2016

A Sociedade Brasileira de Dermatologia orienta como se proteger do Aedes Aegypti, mosquito transmissor dessas doenças e alerta quanto ao uso dos repelentes, reforçando que crianças até 6 meses de idade não podem usar repelentes.

Repelentes para crianças entre 6 meses a 2 anos de idade devem ser aqueles que tem na composição a substância IR3535, com duração de até 4 horas, sendo que deve ser aplicado apenas uma vez ao dia. Para crianças entre 2 a 7 anos de idade pode aplicar até duas vezes ao dia.

Crianças a partir de 7 anos de idade devem usar repelentes que na sua composição tenham qualquer das seguintes substâncias: Icaridina 20-25% que tem duração de 10 horas e pode ser aplicado até três vezes ao dia; DEET infantil 6-9% cuja a duração é de 4 a 6 horas, podendo aplicar até três vezes ao dia ou ainda, IR3535 duração de até 4 horas e a aplicação pode ser até três vezes ao dia.

Repelentes para adultos, idosos e gestantes podem ser com as mesmas substâncias, porém o DEET deve ser de 10-15%, com duração de 6 a 8 horas, aplicável até três vezes ao dia.

DICAS IMPORTANTES:

- O repelente não deve ser aplicado embaixo das roupas. Aplique o produto somente nas áreas que ficarão expostas. Não aplique mais que três vezes ao dia. Pode causar intoxicação.

- Se for usar hidratante ou filtro solar, espere secar e aplique o repelente 15 minutos após o uso destes produtos. O repelente sempre é o último a ser aplicado.

- Não aplique próximo das mucosas (olhos, nariz, boca). Lave as mãos após o uso. Não aplique nas mãos das crianças. Elas podem levar o produto à boca.

- Não durma com repelente. Tome um banho para remover o produto antes de dormir.

- Estudos científicos mostram que a Icaridina 20-25% fornece maior proteção contra o Aedes aegypti do que o DEET 6-9%.

- Repelentes elétricos (aqueles que você liga na tomada e que liberam inseticida gradativamente) são úteis para reduzir a entrada dos mosquitos. Coloque-os próximo de portas e janelas.

- A literatura científica não respalda a eficácia de aparelhos que emitem luzes nem aparelhos ultrassônicos.

- Não use hidratantes e cosméticos com perfumes. Eles atraem o mosquito.

- Prefira roupas claras, manga longa e calça comprida. Evite roupas escuras (que atraem o mosquito) e muito coladas ao corpo, pois elas permitem a picada.

- Resfrie o ambiente: ar condicionado e ventilador espantam o mosquito.

EVITE A PROLIFERAÇÃO E A PICADA DO MOSQUITO

O mosquito Aedes Aegypti prolifera-se em água parada. Portanto, evite o acúmulo de água em vasos de plantas, caixas d'águas abertas, pneus, baldes e tanques. Coloque tampa em recipientes, areia nos vasos e pneus. Tampe sua caixa d'água. Lembre-se: o mosquito ataca mais nas primeiras horas da manhã e no final da tarde: mantenha janelas e portas fechadas nesse período. Utilize telas nas janelas e portas. As telas impedem a entrada do Aedes em sua casa. Em berços e camas, pode-se instalar mosquiteiros. É permitida a aplicação de repelentes em spray sobre o mosquiteiro para aumentar sua eficácia.

Fonte: www.sbd.org.br




Escritório Central
(17) 3214-6499

Unidade Administrativa
Rua XV de Novembro, 4488 - Redentora
CEP 15015-110 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Medicina Preventiva
Rua Redentora, 3140 - Redentora
CEP 15015-780 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Comercial
Rua Redentora, 3238 – Redentora
CEP 15015-780 – São José do Rio Preto/SP
© Bensaúde - Todos os direitos reservados
desenvolvido por Diginova - Sites e Sistemas