Medicina Preventiva /

Notícias

O Excesso de atividade física no começo do ano

16/01/2015

No início do ano as academias estão lotadas de pessoas de todas as idades, em busca de boa forma e também para compensar os excessos cometidos nas festas de final de ano e durante as férias. Na maioria das vezes, a motivação é a estética e nem tanto os benefícios que a prática de atividade física traz para o corpo.

É nesta época que as pessoas que não são tão adeptas das atividades físicas voltam para as academias e malham exaustivamente, os chamados atletas de verão, aqueles que tem como objetivo chegar em forma na estação mais quente do ano. No entanto, o ideal é fazer exercícios físicos durante os 12 meses do ano.

Com a intenção de entrar em boa forma na estação do calor, muita gente acaba exagerando nos exercícios físicos. A vontade de obter resultados rápidos pode trazer problemas à saúde de quem não está habituado a fazer atividades físicas com regularidade.

O primeiro passo, antes de iniciar qualquer atividade física, é realizar uma consulta com o cardiologista para fazer os exames necessários. É a partir dessa avaliação que a pessoa fica liberada ou não para se exercitar. Se liberado pelo médico, o próximo passo é procurar um profissional que ofereça estratégias personalizadas para atingir os resultados desejados, sem seguir modismos.

O excesso de exercício físico faz mal à saúde porque ir além dos limites do corpo pode resultar em lesões, exaustão e fadiga muscular e, consequentemente, à interrupção da prática.

O excesso de exercício físico pode ser percebido através de alguns sintomas, como: tremores, movimentos involuntários, cansaço extremo e dores musculares. No caso desses sintomas a intensidade e frequência dos treinos deve ser reduzida e na persistência dos mesmos o médico deve ser consultado para diagnosticar possíveis lesões.

 A prática de exercícios para uma vida saudável e consequente emagrecimento deve conter exercícios aeróbicos, de resistência (força) e flexibilidade.

As pessoas que optam por frequentar uma academia não devem se esquecer da necessidade de respeitar o próprio corpo, observando seus limites e proporcionando o descanso adequado a fim de, gradativamente, alcançar os objetivos desejados.

O excesso de exercício físico pode ser feito em busca de um corpo perfeito ou de melhores resultados em um esporte, mas o que muitos não sabem é que o exagero não ajuda a chegar mais rápido ao objetivo pretendido, e sim o contrário, causa lesões no sistema imune que impedem o corpo de atingir todo o seu potencial.

Os limites do corpo não devem ser desrespeitados. Os exercícios físicos devem ser feitos com precaução e de acordo com as capacidades físicas de cada indivíduo. O limite da atividade realizada depende de fatores como a idade, o peso, gênero e até da alimentação diária, sendo o acompanhamento de um profissional indispensável. Quanto mais idade um indivíduo tiver, menor deve ser a intensidade do treino, pois pessoas com mais idade tendem a ter maior probabilidade de problemas ósseos.

Vale ressaltar a importância da regularidade da prática de atividade física, ou seja, no mínimo três vezes por semana, e se possível diariamente, durante 30 minutos. O uso de roupas de acordo com o clima é imprescindível, além do uso do tênis com amortecedor para atividades no solo.

O excesso de exercícios pode transformar o que seria um hábito saudável em um grande risco para o corpo, não só para a musculatura, como também para o sistema cardiovascular. Portanto, faça atividade física regularmente respeitando os limites do corpo.

 

Fontes de pesquisa: www.g1.globo.com; www.educacaofisica.com.br; www.runnersworld.abril.com.br; www.uniara.com.br.

 




Escritório Central
(17) 3214-6499

Unidade Administrativa
Rua XV de Novembro, 4488 - Redentora
CEP 15015-110 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Medicina Preventiva
Rua Redentora, 3140 - Redentora
CEP 15015-780 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Comercial
Rua Redentora, 3238 – Redentora
CEP 15015-780 – São José do Rio Preto/SP
© Bensaúde - Todos os direitos reservados
desenvolvido por Diginova - Sites e Sistemas