Medicina Preventiva /

Notícias

Dia Mundial da Saúde 2014

08/04/2014

O Dia Mundial da Saúde, criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é comemorado no dia 7 de abril desde 1948, a mesma data em que foi criada a organização. Seu o objetivo é de conscientizar as pessoas sobre a importância da saúde, discutir temas-chaves para sua manutenção e desenvolver atividades que a promovam, ou seja, sensibilizar e alertar a sociedade civil e órgãos governamentais sobre os principais problemas que podem atingir a população mundial.

Anualmente, um tema é selecionado para destacar uma área prioritária de saúde pública. Este ano a campanha estará centrada nos pequenos organismos, como mosquitos, insetos, carraças e caracóis, tendo como título "Pequenas criaturas, grandes ameaças". O tema colocará em discussão as doenças transmitidas por vetores que transmitem patógenos (micro-organismos específicos que provocam alguma doença) de uma pessoa (ou animal) infectada para outra. Doenças transmitidas por vetores são geralmente mais comuns em áreas tropicais e locais com problemas de acesso a água potável e saneamento.

            A Malária, como exemplo de uma doença provocada por um vetor (o mosquito Anopheles) causou 660.000 mortes em 2010, principalmente em crianças africanas. Atualmente, uma doença provocada por outro vetor e com crescimento em todo o mundo é a Dengue, cuja incidência tem aumentado 30 vezes nos últimos 50 anos. A globalização do comércio e das viagens, a urbanização e as mudanças ambientais, tais como as alterações climáticas, favorecem o aumento dessas doenças e o aparecimento em países onde não existiam antes.

 Nos últimos anos, o compromisso de órgãos federais, estaduais e municipais e, em alguns casos, com o apoio de fundações, de ONGs, do setor privado e da comunidade científica, tem ajudado a reduzir a incidência e a mortalidade de algumas destas doenças. Em muitos municípios onde são registradas epidemias como Dengue, por exemplo, os órgãos de saúde responsáveis formam equipes de profissionais e criam campanhas periódicas na busca de focos e identificação de regiões de maior incidência de casos da doença. Algumas doenças vetoriais demonstram aumento significativo do número de casos em períodos sazonais, ou seja, em períodos específicos do ano, enquanto outras estão diretamente relacionadas com a falta de infraestrutura.

            O enfoque do tema da campanha deste ano, portanto, será o de melhorar a proteção contra doenças transmitidas por estes pequenos organismos, incentivando as famílias e as comunidades a tomar medidas cautelares. Um elemento-chave da campanha é disseminar informações nas comunidades. Como as doenças vetoriais começam a ultrapassar os seus limites tradicionais, é necessário que as medidas de proteção e controle sejam estendidas para além dos países onde essas doenças se desenvolvem hoje.

            De modo mais geral, há outros objetivos para a campanha do Dia Mundial da Saúde 2014:

  • Orientar as famílias que vivem em áreas onde há elevado número de casos de doenças transmitidas por vetores a se proteger;
  • Orientar as pessoas que viajam para áreas ou países com doenças vetoriais em como se proteger;
  • Incentivar ministérios da saúde dos países onde as doenças transmitidas por vetores são um problema de saúde pública a tomar medidas para melhorar a proteção da sua população;
  • Incentivar e sensibilizar autoridades sanitárias dos países onde as doenças transmitidas por vetores estão se tornando uma ameaça para colaborar com as autoridades competentes, a nível nacional e nos países vizinhos, para melhorar o controle dos vetores e integrar medidas para prevenir a sua proliferação.

Ações de controle e identificação de doenças vetoriais são de responsabilidade de órgãos federais, estaduais e municipais, porém sua efetividade depende da participação, adesão e colaboração da população em seguir as orientações recomendadas, afinal é ela quem sofre as consequências geradas por essas doenças.

 

Fonte: http://www.who.int/campaigns/world-health-day/2014/event/es/

          Secretária de Saúde da Prefeitura Municipal de Guarujá




Escritório Central
(17) 3214-6499

Unidade Administrativa
Rua XV de Novembro, 4488 - Redentora
CEP 15015-110 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Medicina Preventiva
Rua Redentora, 3140 - Redentora
CEP 15015-780 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Comercial
Rua Redentora, 3238 – Redentora
CEP 15015-780 – São José do Rio Preto/SP
© Bensaúde - Todos os direitos reservados
desenvolvido por Diginova - Sites e Sistemas