Medicina Preventiva /

Notícias

Armazenamento e Congelamento de Alimentos

17/01/2013

A correria do dia-a-dia faz com que o consumo de alimentos industrializados e prontos sejam mais consumidos que os alimentos frescos e in natura. No intuito de driblar essa situação, a opção mais prática e saudável é o congelamento dos alimentos. 

A vantagem desse método é o maior tempo de durabilidade dos alimentos quando comparados aos refrigerados. Além de ser possível programar as refeições da semana, tendo sempre à mão algo feito em casa com valor nutricional, com economia de tempo e dinheiro.

Contudo, para que os alimentos não percam os nutrientes, a cor e o sabor, é importante seguir alguns procedimentos, tais como:

·         Não cozinhe demais os alimentos, pois na etapa de descongelamento estes passam por processos de aquecimento onde se completa seu cozimento;

·         O congelamento acentua o sabor dos alimentos, por isso, adicione o mínimo de sal; 

·         Quando precisar engrossar algum prato use farinha de trigo evitando o amido de milho, pois se perde a textura e consistência;

·         Nunca guarde sobras de produtos enlatados na própria lata. A partir do momento em que é aberta, a lata desenvolve micro-organismos que são prejudiciais à saúde;

·         Não utilize panelas para o congelamento de alimentos;

·         Fazer sempre o resfriamento rápido dos alimentos (branqueamento): retire o alimento do recipiente em que foi preparado e o coloque imediatamente em um recipiente com água e gelo. Após alguns minutos escorra a água e congele. Dessa forma, além de bloquear o cozimento, eliminam-se as condições favoráveis ao desenvolvimento de bactérias e preservam-se as propriedades nutricionais;

·         Caso não seja viável o resfriamento rápido, após serem devidamente embalados e etiquetados com a data de fabricação e identificação do produto, é necessário guardar no refrigerador e nunca em temperatura ambiente, para serem estocados no freezer;

·         Separe os alimentos que serão congelados em porções a serem utilizadas de uma só vez;

·         Para congelamento de cebolinha, salsinha, manjericão e outras, lave as folhas, deixe escorrer e depois seque-as em um pano de prato e pique-as. Embale em sacos plásticos;

·         Não lave e nem tempere a carne crua, apenas retire o excesso de gordura e ossos antes de ser congelada;

·         Ocupe, no máximo, ¾ da capacidade do seu congelador. Se o espaço estiver totalmente lotado, o ar não circula. 

Regras básicas de congelamento:

·         Quanto mais rápido o alimento for congelado e quanto mais devagar ele for descongelado, melhor será o resultado final;

·         Sempre retire o ar de dentro das embalagens que serão congeladas;

·         Para recipientes sem tampa, use papel-filme ou sacos plásticos. Procure aproximar o plástico ao máximo dos alimentos;

Descongele os alimentos de acordo com as regras abaixo:

·         No refrigerador ou diretamente em fogão ou micro-ondas;

·         Mergulhado em água com temperatura inferior à 21ºC; 

·         Em temperatura ambiente, sendo que ao atingir 4ºC, continuar o degelo na geladeira.

Organizando a geladeira

Na gaveta superior devem ser guardados os derivados de leite.  Esses alimentos precisam de uma temperatura mais baixa, pois são altamente perecíveis.

Na primeira prateleira devem ser guardados os alimentos que já estão prontos para o consumo e os alimentos crus, que já foram higienizados e não serão aquecidos para comer (frutas, frios, etc.).

Nas prateleiras intermediárias, armazene os alimentos semiprontos, os de consumo rápido e os ovos. Enfim, qualquer alimento que não esteja cru e nem pronto.

Na prateleira inferior, armazene os alimentos crus e que necessitam de cozimento para serem consumidos, assim, se houver algum tipo de contaminação, ela será eliminada com as altas temperaturas do cozimento. Nesta prateleira também podem ser armazenadas algumas frutas, desde que embaladas em sacos plásticos.

A gaveta inferior  é destinada ao armazenamento de hortaliças, mas também podem ser guardadas algumas frutas. Antes de utilizar os alimentos guardados nesta parte, todos devem ser higienizados corretamente.

Na porta da geladeira podem ser armazenados condimentos, temperos, molhos industrializados e bebidas em geral.

 

Fonte: Centro de Vigilância Sanitária - Portaria CVS-6/99, de 10.03.99; www.nutricaoemfoco.com.br




Escritório Central
(17) 3214-6499

Unidade Administrativa
Rua XV de Novembro, 4488 - Redentora
CEP 15015-110 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Medicina Preventiva
Rua Redentora, 3140 - Redentora
CEP 15015-780 - São José do Rio Preto/SP
Unidade Comercial
Rua Redentora, 3238 – Redentora
CEP 15015-780 – São José do Rio Preto/SP
© Bensaúde - Todos os direitos reservados
desenvolvido por Diginova - Sites e Sistemas